sábado, 5 de março de 2016

#7 - Nespereira, Guimarães, 28 de Março de 1922: Raul Brandão: «Exmo Senhor Ferreira de Castro»

Exmo Senhor Ferreira de Castro

Muito obrigado pelo artigo que escreveu a meu respeito no último número da «A Hora» -- que tenho lido sempre com grande interesse, como leio tudo que é apaixonado e sincero.
São raras efectivamente as pessoas que em Portugal estimam os meus livros, mas essas bastam-me, quando compreendem não o que vale a minha obra necessariamente imperfeita, mas o esforço que faço para arrancar alguns farrapos ao Sonho...
Creia-me sempre
ador e cam.da muito og.º [?]

Raul Brandão
Nespereira
Guimarães
28 de Março de 1922

Comentário - Publicada por mim, a abrir as 100 Cartas a Ferreira de Castro (1992, 2.ª ed. 2006). Não se conheciam, mas os 12 anos seguintes foram de frequente convívio e admiração. Foi o escritor português que mais impressionou Ferreira de Castro, é a sua grande referência lusa, como bem viu, antes de todos, Jorge de Sena.

Sem comentários:

Enviar um comentário